top of page
  • Victor Gerhardt

APRENDA A FAZER (DE GRAÇA) SUAS PRÓPRIAS IMAGENS COM IA



No último post sobre o tema, eu expliquei sobre o modelo text-to-image e apresentei as principais plataformas que oferecem essa tecnologia. Como vimos, a Midjourney e a Dall-E são ótimas, porém exigem que a gente desembolse nosso rico dinheirinho para usá-las livremente. Também apresentei minha querida Stable Diffusion: tecnologia open source que pode ser usada localmente em máquinas com uma placa de vídeo moderada.


A thread que eu escrevi no meu Twitter pessoal deu uma leve hitada e muitos me perguntaram como poderiam gerar suas próprias imagens em casa e, para a alegria geral na nação, trago aqui um tutorial super completo.

O que vamos fazer na prática é habilitar o uso da Stable Diffusion localmente em suas máquinas e com uma interface gráfica.


Como usar o Stable Diffusion no meu PC?

Parte 1: Criança de 5 anos

Uma resposta específica ao meu tweet pediu encarecidamente para que eu explicasse de forma que até uma criança de 5 anos pudesse rodar o Stabble Diffusion e fosse capaz de superar seus coleguinhas nas aulas de artes. Então, pensando nisso, eis aqui a maneira mais rápida e fácil de instalar.


  1. Clique aqui. Isso vai baixar um arquivo zip no seu computador.

  2. Abra esse arquivo zip e arraste a pastinha que está lá, chamada "stable-diffusion-ui" para a unidade C:\ ou outra unidade de sua preferência.

  3. Agora entre na pasta e abra o arquivo chamado "Start Stable Diffusion UI.cmd"

  4. Espere um tempinho considerável até instalar tudo.

  5. Se der tudo certo, seu navegador vai abrir uma página com espaço para você inserir os comandos e gerar suas primeiras obras de arte.

Se não der certo, continue seguindo o tutorial.


Parte 2: quando a parte 1 não dá certo

Se você quer uma instalação mais completa, então teremos um pouco mais de trabalho. Nesse caso, vamos instalar uma interface gráfica chamada Automatic1111, que é a mais utilizada até o momento.


1. Vamos precisar que você tenha uma conta do Github e no HuggingFace.


2. Vamos precisar baixar e instalar o Git e o Python:

2.1. Baixe o Git nesse link aqui;

2.2 Baixe aqui o Python.


3. Execute os instaladores no passo anterior um de cada vez, e, para cada um, aperte umas 315 vezes o botão "next" (confia) até a instalação terminar.


4. Ao terminar a instalação do Git, ordene que o instalador execute o programa ou busque e abra "Git Bash" no seu menu iniciar.


5. Uma janelinha preta vai abrir, onde você vai se sentir um programador só de olhar. Mas deixe minimizado enquanto isso.


6. Escolha a pastinha onde você quer que a Stable Diffusion fique. Se você tiver só uma unidade de disco (a famosa unidade C:\), recomendo apenas criar uma pastinha qualquer na raiz da unidade com seu nome de preferência. A minha se chama petunia. E se tiver outros HDDs instalados na máquina e com mais espaço, opte por eles.


7. Volte para o Git Bash (janelinha Matrix) e escreva isso aqui ó:


cd /c/petunia

onde "petunia" é o nome da sua pasta e "c" é a sua unidade de disco. Se você instalou na pasta "toguro" na unidade y, então você vai digitar "cd /y/toguro".


8. Clique nesse link aqui para irmos ao endereço da Automatic1111.

imagem-legal-01

9. Nessa janela, um botão verde vai atrair a atenção dos seus olhos. Nele, lê-se "Code". Senta o dedo nele. Aí na janelinha que abrir, siga a setinha da imagem-legal-01:


10. O passo anterior fez com que você copiasse o caminho que utilizaremos agora. Volte pra janelinha preta e escreva "git clone" (sem aspas, beleza?), dá um espacinho e manda aquele "control+V". Vai ficar assim:


git clone https://github.com/AUTOMATIC1111/stable-diffusion-webui.git

Aperte o Enter e os arquivos serão copiados para a sua pasta. Mas isso não basta para que a Stable Diffusion funcione. Precisamos de um modelo. Esse modelo é um arquivo único com a extensão .ckpt. Ele será o coração da nossa Stable Diffusion.


11. Você criou uma conta no Hugging Face lá no passo 1, certo? Maravilha, então vamos lá baixar esse modelo. Agora, com o site já logado, acesse esse link aqui. O download não deve começar na hora, ao invés disso você deve ver uma área onde está escrito "This file is stored with Git LFS . It is too big to display, but you can still download it", o que quer dizer "Este arquivo é armazenado com Git LFS . É muito grande para exibir, mas você ainda pode baixá-lo". E o download do arquivo "v1-5-pruned-emaonly.ckpt" (quatro giguinhas básicos) vai começar quando você clicar na palavra download.


12. Quando terminar, vá até a pasta em que o arquivo foi baixado e mova-o de lá para o seguinte lugar: "C:\petunia\stable-diffusion-webui\models\Stable-diffusion" (lembrando que "petunia" deve ser substituído pelo nome da pasta onde você instalou o Stable Diffusion). Bom, agora os arquivos da interface gráfica e o modelo estão todos em seus lugares.


13. Volte duas pastas pra cima, para "...\stable-diffusion-webui" e lá, no meio de uma penca de arquivos, terá um chamado "webui-user.bat". Interprete esse arquivo como uma espécie de "Stable Diffusion.exe", pois, na prática, é onde você vai dar dois cliques para começar a usar a nossa querida. Então não hesite: abra o arquivo e... espere um tempão. É, não tem jeito. Mesmo depois de tanto ping pong, nós ainda vamos ter que esperar ser instalado um caminhão de outros arquivos. Mas isso é só da primeira vez. Nas próximas vezes vai ser só o tempo de carregar tudinho.


14. Eventualmente, tudo será instalado e vai aparecer a seguinte mensagem: "Running on local URL: http://127.0.0.1:7860", Isso significa que a Stable Diffusion está prontinha e rodando na sua própria máquina. Aí você pega essa URLzinha (http://127.0.0.1:7860) e cola no seu navegador favorito e... prontinho. Você vai ver essa tela aqui:


Se a barrinha onde está a setinha estiver vazia, basta clicar ali e selecionar a única opção. Isso vai carregar nosso modelo.


Só isso! Molezinha, né? É o tempo de um capítulo da novela. Note que você precisa de uma GPU (vulgo, placa de vídeo) com pelo menos 8 de VRAM (vulgo memória de vídeo). Existe a opção de usar a CPU, mas é uma opção que demora muito tempo para gerar suas imagens (tipo, pode levar horas pra cada uma), além de fazer seu processador ser capaz de fritar ovo de dragão. Então, vamos deixar essa opção de lado por enquanto para a segurança de sua família.


Com a Stable Diffusion finalmente rodando em todo seu esplendor, você pode escrever qualquer coisa no campo "prompt" e gerar seus rabiscos. Em outro post eu vou ensinar uns macetinhos pra fazer criar umas obras bem bonitas, então fiquem ligados. Ah, suas imagens vão parar todas na pasta "...\stable-diffusion-webui\output\text-to-image".


Enquanto os próximos tutoriais não vêm, aconselho vocês a irem brincando com a Stable Diffusion. Se precisarem de inspiração, entrem na Lexica e no PromptHero, os dois sites possuem milhares de imagens geradas por IA e você é capaz de ver o prompt que gerou cada uma delas. Você pode, então, simplesmente copiar o prompt, fazer uma mudancinha aqui e outra acolá e gerar suas próprias imagens boladonas sem queimar muito a mufa no processo. Com isso, você vai aprendendo as palavras que a galera geralmente usa pra embelezar as imagens e já fica pronto pra usar esse conhecimento para o próximo tutorial.


Ah, e já vão separando aí umas 15 fotinhas pra brincarmos no próximo tutorial.


Até mais, nerds!





0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page